Twitter Facebook Orkut Rss

Tradutor

Especial: "Akira Toriyama"

sábado, 14 de julho de 2012


Especial: Akira Toriyama

Akira Toriyama... Qualquer um que já leu a série de mangás ou viu a série de TV(desenho) chamada Dragon Ball sabe de quem eu estou falando. Akira Toriyama é ninguém menos que o criador desta série que contagiou bilhões de crianças, adolescentes e até adultos, formando parte de várias infâncias.
Akira Toriyama tem, atualmente, 57 anos (seu aniversário é em 5 de abril de 1955). Falaremos de seu trabalho, mais especificamente na série Dragon Ball, mas não irei falar sobre mangás. Eu irei falar sobre a série de TV (desenho) que está por todo o canto. Sério!
Segundo a Wikipédia, a enciclopédia livre, Akira Toriyama ""iniciou sua carreira em 1978 com a história Wonder Island publicada na Weekly Shonen Jump, depois fez outros mangás:Highlight Island, seguido por Tomato Girl Detective.
Ele provavelmente é mais conhecido por ser o autor da famosa série Dragon Ball (a segunda parte do mangá, em diversos países, é conhecida como Dragon Ball Z para reduzir a confusão do público). Essa série é conhecida como um dos eixos para o que foi conhecido como "a Era Dourada da Jump". Seu sucesso "forçou" Toriyama a trabalhar em Dragon Ball de 1984 a 1995. Durante esse período de onze anos, ele produziu 42 volumes. Cada volume tem uma média de 200 páginas, de maneira que toda trama de Dragon Ball se estende por quase 10,000 páginas. Além disso, o sucesso de Dragon Ball levou a uma série de anime para televisão, filmes de longa-metragem, vídeo-games, e um mega-merchandising".
Depois de um tempo (muito tempo!), Akira Toriyama uniu-se a alguém (uma equipe, talvez) e fizeram o remake de Dragon Ball Z chamado Dragon Ball Kai. A série de TV (desenho) consiste em apenas um remake (talvez com menos episódios) dos desenhos e mangás originais, porém em HD e com dubladores novos. Fontes já confirmaram que a série é um "presente de aniversário" aos 20 anos da série. Não parece, né? Uma série tão próspera parece que existe a eras.
O Mundo DBZ  entrevistou Akira Toriyama:
A entrevista tem seus direitos autorais e reservados. O site Mundo DBZ deverá responder por qualquer coisa sobre esta entrevista ou, até mesmo, o próprio Akira Toriyama. Cabe a eles decidir o que fazer em caso de protestos ou violação de direitos autorais. Ou qualquer coisa relacionada à entrevista a seguir.
.
Mundo DBZ: Porque você escolheu criar histórias em lugares inexistentes?
Akira Toriyama: Porque é muito mais fácil dessa maneira. E por que que eu escolhi fundamentalmente a maneira mais fácil. Se tivesse escolhido a do mundo real, eu teria que olhar coisas reais antes de desenhar qualquer coisa. Como prédios, veículos e coisas do tipo, e se eu modificasse qualquer coisa um pouquinho as pessoas iam reclamar.
MZ: Você nunca olha coisas reais quando você desenha paisagens?
Toriyama: Normalmente não. Eu costumo olhar construções chinesas e coisas do tipo. Quando comecei a fazer Dragon Ball, eu queria fazer uma coisa totalmente diferente de Dr. Slump, porque eu senti que Dr. Slump tinha estilo muito americano, e eu queria fazer uma coisa mais oriental dessa vez. Minha esposa era muito interessada na china e eu desenhei coisas que eu havia visto em fotos de lá que ela havia comprado. Depois disso eu comecei a desenhar muita coisa que eu havia pensado baseado nessas fotos incluindo o Tenkaichi Budokai, estádio de luta. Antes de começar a publicar, eu fui pra ilha de bali com minha família. Aí eu modelei a ilha de Tenkaichi Budokai, a ilha Papaya, baseada nela. E comecei a fazer os prédios e construções baseadas nas fotos que trouxe de lá. Mas foi muito difícil, por isso eu usei mais o palco das lutas que os cenários a volta dele, foi difícil usar cenários já criados.
MZ: Campos são paisagens totalmente diferentes, não são?
Toriyama: Sim isso mesmo, eu desisti de usar montanhas e coisas do tipo, eu pensei muito a respeito de que tipo de cenário usar. Teria que usar um certo cenário que nunca havia usado antes porque senão seria muito chato usar o mesmo cenário sempre.
MZ: Você usou muitos cenários desabitados, não é mesmo?
Toriyama: Se eu tivesse que desenhar Goku e os outros lutando em cidades seria muito difícil. Eu teria que desenhar as pessoas que vivem nessa cidade, os prédios e coisas do tipo. Por isso coloco eles lutando em campos desabitados. Uso muitos closes e eles usam o bukujutsu pra voar e se todos os amigos do Goku voassem seria muito mais fácil de fazer a história.
MZ: As cenas de batalhas são muito difíceis de serem feitas, não são?
Toriyama: Sim, porque eu posso fazer elas serem iguais sempre. No começo, quando Goku era pequeno, era bem fácil; mas mais pra frente começou a ter mais e mais lutas, aí eu tive que começar a pensar em criar técnicas novas de combate e coisas do tipo. Foi muito divertido desenhar a luta entre Majin Boo e Gotenks. Eu tive que criar muitos ataques especiais hilários.
MZ: Como você pensa nos nomes desses ataques especiais?
Toriyama: Normalmente eu não gosto de pensar nos nomes dos ataques. Numa luta de verdade você não fica dizendo o nome dos golpes que usa, fica? Enquanto você fala o nome do ataque, acaba morto! Mas é divertido ficar criando nomes para os ataques. Minha esposa que criou o Kamehameha porque eu estava dizendo: "Kame Sennin (Mestre Kame) tinha um ataque especial e tinha que ser 'alguma coisa HA'" e minha esposa disse: "porque não Kamehameha?". Foi o máximo, soou muito bobo e encaixou certinho com o perfil de Kame Sennin, e assim começou os nomes de golpes, o de Vegeta são sempre em inglês e os de Piccolo em kanji.
MZ: uando você criou Piccolo, você planejou que ele seria um alien de Namekusei?
Toriyama: Não, na verdade foi como os sayajins. Quando dei a Goku um rabo estava apenas pensando dele ser um macacão. Eu não havia pensado em Goku ser um alien. A mesma coisa aconteceu com Piccolo. Estava pensando ele ser como Kami Sama quando o criei. Não gosto de pensar em todo o futuro de um personagem de uma só vez.
MZ: Se pudesse nascer outra vez, que personagem gostaria de ser?
Toriyama: Trunks. Ele é muito rico, pode comprar muitos brinquedos e é poderoso. É o melhor.
MZ: De todos os personagens, qual deles é o mais carismático?
Toriyama: Goku. É muito puro e um dos mais fortes do universo. Ele é o número um no departamento onde trabalho. Todos gostam dele.
MZ: E o mais exigente na comida?
Toriyama: Mr. Satan. Penso que ele gosta de comida cara. Ele é do tipo de pessoa que pensa que a comida cara é a melhor.
MZ: E o mais tímido?
Toriyama: Piccolo. Acho que a raça dos Namekuseijins é a mais tímida.
MZ: Qual personagem está mais dentro da moda?
Toriyama: Trunks. Não escolhi a Bulma por que, quando ela envelhece, vestirá roupas muito antiquadas.
MZ: Quem é mais maluco?
Toriyama: Mestre Kame. Tinha mesmo de ser ele. Não é óbvia a sua perversão a toda à hora?
MZ: Dos prédios que desenhou, qual prefere?
Toriyama: A Torre de Karin. É um lugar muito interessante, apesar de assentar num pilar fino. Tem um ar de (des)equilibrado. Gosto da idéia deste design não poder existir na vida real.
MZ: Onde gostaria de morar?
Toriyama: Na casa do Kame. Se a ilha fosse um pouco mais larga e se a casa do Kame fosse do tamanho da corporação Cápsula, gostaria ainda mais.
MZ: Qual dos truques gostaria de poder fazer?
Toriyama: Bukujutsu (Jutsu de voar). Seria maravilhoso conseguir voar sem ajuda de ninguém. Também gostaria de fazer o Shunkanido(ás vezes chamado de IT, Instant Transmission), porque assim ia a qualquer lado bastando, para isso, pensar no local desejado.
MZ: De todas as técnicas, qual a sua preferida?
Toriyama: Gosto muito do Kamehameha, principalmente porque foi a minha mulher que deu a idéia do nome.
MZ: De todas as invenções que apareceram em Dragon Ball, qual é a que gostaria de ter?
Toriyama: As Cápsulas Hoípoi. São ótimas. Porque com elas não teria dificuldade em estacionar. Muito convenientes. E podemos colocar quase tudo lá dentro.
.
---------
Dragon Ball Kai (ドラゴンボール改(カイ) Doragon Bōru Kai) é o remake da série de animação japonesa Dragon Ball Z remasterizado em HD, anunciado em fevereiro de 2009 pela Toei Animation. Kai significa revisão, nada mais sendo que uma nova versão editada por Akira Toriyama para comemorar os 20 anos deDragon Ball Z. A nova versão da série possui nova abertura e encerramento e as falas foram redubladas pelos atores originais. Seriam produzidos 98 episódios da versão Kai, mas por conta do terremoto seguido de tsunami no Japão, o último episódio foi cancelado, e foram exibidos 97 episódios no total, significando um corte de 194 episódios da versão Z. Este corte teve como objetivo fazer a nova série readquirir a dinâmica do mangá original. O anime estreou no Brasil no canal a cabo Cartoon Network, no dia 4 de abril de 2011. Em Portugal, o anime estreou no canal a cabo SIC Radical no dia 18 de junho de 2012.
---------
E isso é o máximo que eu posso contar sobre Toriyama pois eu não consigo descrevê-lo. Como descrever seu ídolo sem contar a história? E depois, como descrever seu ídolo DEPOIS de contar a história? Esse é mesmo um dos maiores desenhistas, designers, enfim... Uma das melhores pessoas do mundo. Akira Toriyama, nós devemo-os uma infância.
Aqui vai algumas coisinhas para mostrar o quanto gostamos de suas séries (principalmente Dragon Ball Z) e dele mesmo.
Autógrafos:

Imagens:
Obrigada por tudo, Akira Toriyama! Te devemos uma infância feliz e uma vida de aventuras e sonhos!

1 comentários:

Anônimo disse...

sou muito fã dele.

Postar um comentário